Voltei

por Rafa

Caros leitores, eis que minhas férias chegaram ao fim. Voltei hoje depois de um mês na França.

A parte boa é que foram as três semanas mais lindas e felizes de toda a minha vida. Viajei com a Milena (que tá contando tudo sobre sua vida nova no seu novo blog) e conheci um mundo novo e uma cultura totalmente diferente da minha. E eu até comprei uma guitarra nova!

A parte ruim é que, infelizmente, eu fui taxado pela alfandega para entrar com o instrumento no país. Mesmo com lei aduaneira especificando que o meu instrumento é um bem de uso manifestamente pessoal, o fiscal que me atendeu (e que não foi nem um pouco simpático e compreensivo) me falou que eu deveria pagar o tributo e depois recorrer junto à aduana ou que o meu instrumento ficaria retido.

Fiquei bastante chateado de ser tratado dessa maneira depois de voltar para o meu próprio país, logo após passar dias tão bons e ser tão bem tratado em outro.  Ok, lei é a lei e que ela deve ser cumprida. Mas a forma como ela foi aplicada (em especial, a parte de tributar primeiro e questionar o tributo depois) revela muito da forma como nossas autoridades enxergam o cidadão comum brasileiro.

Classemediasofrismo à parte, estou bem. A guitarra passa bem e logo logo vai ganhar uma strap lock só dela. =)

Gibson Les Paul Studio 2012. Com coil tap! =D

Anúncios