Da função do método

por Rafa

Tenho estudado guitarra por método com regularidade há mais ou menos um mês, coisa que eu nunca fiz antes.

Uma massa de conhecimento compilado e arrumado segundo uma curva de aprendizagem, para fazer o aluno passar do mais fácil pro mais difícil gradualmente, tentando minimizar os danos e os traumas eventuais do processo de aprendizado. Coisa rara de se ver, já que boa parte dos métodos de musica publicados no Brasil não obedecem a curva. Uma tristeza.

O que não está no método eu complemento com outras leituras, exercícios, músicas de verdade e trocando figurinha com meus companheiros de sina (sim, tô sem banda ainda =/)

Método que eu to usando. A capa parece de livro pra ensinar criança de 3 anos a contar. Mas não se engane: o livro é ótimo.

A capa parece de livro pra ensinar criança de 3 anos a contar, mas não se engane: o livro é ótimo.

Um método de instrumento nunca é perfeito.

Nada nunca vai te ensinar tudo e te transformar num músico fodão por si só, num passe de mágica. Sempre vai faltar alguma coisinha, algum detalhe (se o que estiver faltando for essencial, talvez seja preciso trocar de método).

Tem muita coisa que os livros não ensinam. Mas até pra sacar essas manhas o livro ajuda. Algum referencial é melhor do que nenhum referencial.

Sempre vai dar pra ir além e adaptar uma coisa ou outra adequada às necessidades do instrumentista. E isso é ótimo. Não é o método que é incompleto: na verdade, ele é uma obra em aberto.

Se não fosse assim, seria moleza. Bastaria que todo mundo lesse determinado manual e pronto: temos uma nova geração de músicos geniais. Infelizmente, a realidade não é tão simples assim.

Mas, para mim, o maior mérito não é me ensinar, e sim servir de pretexto para praticar regularmente, nem que seja por uma horinha. Todo dia eu vou lá e pego uma lição nova ou refaço uma antiga com mais calma.

Esse é o grande barato de seguir a curva de aprendizado: transformar o método de estudo num grande motivador. E o tempo de estudo passa rápido, sem a gente nem perceber.

A única coisa para a qual um método não serve é para substituir um bom professor. Os ruins pode substituir sem problema 😛

Anúncios